botiss maxgraft® cortico

maxgraft® cortico

Placa óssea cortical alogênica
maxgraft® cortico é uma placa pré-fabricada feita de osso alogênico processado. É semelhante ao osso autógeno, podendo ser utilizado para a técnica da concha (Shell). maxgraft® cortico foi desenvolvido para evitar a morbidade do local doador e a coleta demorada, bem como a divisão dos blocos ósseos cortico-esponjosos autólogos.
  • Aumento vertical
  • Aumento horizontal
  • Aumentos tridimensionais complexos
  • Espaços unitários
  • Defeitos de fenestração

Enchimento de defeito

Para promover a osteossíntese, partículas alogênicas (por exemplo, maxgraft®) podem ser utilizadas para preencher o defeito. O colágeno humano preservado oferece uma excelente osteocondutividade, permitindo a remodelação total. A combinação com osso autólogo ou matrizes de partículas PRF pode promover a ossificação.

Rehidratação

Uma reidratação do maxgraft® cortico não é absolutamente necessária, mas recomendada. A rehidratação em solução salina (dez minutos) tem provado aumentar a flexibilidade do material e simplificar o manuseio, reduzindo assim o risco de quebra da placa. Devido à composição de 100% de osso cortical, não é esperada uma absorção significativa de líquidos.

Fixação

maxgraft® cortico deve ser fixado sem movimento a uma distância adequada do osso local para criar uma fenda estável. A posição deve ser selecionada para que o implante inserido tenha pelo menos 1 mm de distância até a plaqueta na extremidade. Recomenda-se a pré-perfuração. Recomenda-se usar um diâmetro menor para pré-perfuração do que o diâmetro dos parafusos inseridos posteriormente. Parafusos de aço cirúrgico com diâmetro de 1,0-1,2 mm ou titânio com 1,2-1,4 mm e comprimento de 8-11 mm são adequados para a maioria dos defeitos. O uso de parafusos de osteossíntese com cabeças planas é fortemente recomendado.

Flexibilidade

maxgraft® cortico não pode ser dobrado seguindo o contorno do rebordo alveolar. A plaqueta é completamente mineralizada e não flexível. A plaqueta pode ser cortada à medida o cortico trimmer. Para a região anterior é recomendado cortar o maxgraft® cortico em duas partes e fixá-las seguindo o contorno da crista alveolar.

  • Técnica estabelecida de aumento com material novo
  • Redução significativa do tempo de cirurgia
  • Placas finas uniformes, padronizadas
  • Nenhuma morbidade do local doador
  • Sem limite de disponibilidade para intervenções de aumentos maiores

Art.-No.

Dimensions

Content

BO-31251

25x10x1 mm

1x cortical strut

BO-34000

cortico trimmer

maxgraft® cortico animation
maxgraft® cortico animation
Shell technique with maxgraft® cortico - live surgery by Dr. Jan Kielhorn
Shell technique with maxgraft® cortico - live surgery by Dr. Jan Kielhorn
Handling maxgraft® cortico
Handling maxgraft® cortico
maxgraft® cortico allogenic bone plate
maxgraft® cortico - allogenic bone plate

O tamanho ideal da placa é estimado após o descolamento do retalho de mucosa ou antes da cirurgia, com a ajuda de um software de planejamento digital. Em seguida, a placa é cortada extraoralmente, com a ajuda de um disco dimantado. A placa é posicionada a uma certa distância por pré-perfuração pela placa e o osso local; a fixação é feita com parafusos, para criar um compartimento fixo. Para evitar a perfuração do tecido mole, as bordas pontiagudas precisam ser removidas, por exemplo, utilizando-se uma esfera dimantada. O espaço entre o osso local e a placa cortical pode ser preenchido com uma variedade de materiais de enxerto ósseo em partículas. Em seguida, a área do aumento precisa ser coberta com uma membrana protetora (Jason® membrane, collprotect® membrane), e o fechamento deve ser feito sem tensão e com controle de saliva.

Please Contact us for Literature.